texto alternativo da imagem

MENINO MALUQUINHO E A CONSCIÊNCIA NEGRA

Oi pessoal, eu sou o Lúcio e sou negro. Essa
não é a coisa mais importante que eu posso dizer sobre mim.
Eu posso
dizer que adoro ler, que sou muito amigo do Maluquinho, que gosto de
bolo de fubá, que sou um pouco tímido… Uma porção de coisas.
Mas,
infelizmente, tem gente que acha que a coisa mais importante é a cor da
pele. Essas pessoas devem pensar que só existem duas cores de pele no
mundo. Olhe em volta e você vai perceber que não é assim.
Cada pessoa
tem uma cor só sua. O pior é que certas pessoas acham que quem tem pele
mais escura não é tão bom quanto os que têm pele clara. E ficam pegando
no nosso pé, atrapalhando nossa vida. Vamos ver se eles estão certos?
Quem tem pele escura, no Brasil, deve ser descendente de africanos que
vieram pra cá há muito tempo para trabalhar. E deve ficar muito
orgulhoso, pois os africanos têm uma cultura riquíssima e já eram
civilizados há 4 mil anos, muito antes dos brancos europeus.
Você nunca
ouviu falar dos egípcios, com suas pirâmides e seus ricos faraós? Pois
eles eram negros, eles eram africanos.
Pense nos maiores esportistas do
mundo. A maioria é gente negra, descendente de africanos.
E na música?
Praticamente, toda a música popular do mundo, do rock ao jazz, passando
pelo rap e o reggae, foi inventada por descendentes de africanos.
É isso
aí. Você só tem do que se orgulhar por ser negro. Pode tirar onda com
qualquer um que vier com um papo preconceituoso.
Entendeu, agora, o que a
gente comemora hoje?

 

 

Fonte:  http://meninomaluquinho.educacional.com.br/PaginaHistoria/imprimir.asp?IdPagina=1868

 

 

Cadastre-se e Receba as Postagens por Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Ao receber o 1º email do feedburner você precisa clicar no link para confirmar sua inscrição.

Siga-nos no Facebook

Be the first to comment

Leave a comment

Your email address will not be published.


*