PROJETO ADAPTAÇÃO ESCOLAR PARA EDUCAÇÃO INFANTIL

ADAPTAÇÃO-NA-ESCOLA-550x409
1.     ADAPTAÇÃO-NA-ESCOLA-550x409
Objetivo:

Promover uma boa adaptação.Conteúdo:
• Familiarização com o novo ambiente;
• Percepção de si e dos demais que dividem o mesmo espaço;
• Separação da família com tranquilidade por uma parte do dia.

Tempo:
• Aproximadamente dois meses, com atividades diárias.

Material:
• Fotos da criança com a família, com animais de estimação, objetos de apego
(brinquedos, “paninhos”, peças de roupas, etc.), contact, color-set, máquina
fotográfica, caixa de papelão.

Organização do ambiente:
• As crianças deverão ser reunidas diariamente para a apresentação dos novos
objetos. As fotos serão apresentadas às crianças, a princípio, individualmente.
Após a familiarização de todos com suas próprias fotos, a intenção será a de
socializar o acervo.

Desenvolvimento:
• 1ª Etapa: Pedir fotos em que a criança apareça com familiares e
animais de estimação. Solicitar também os objetos de apego de cada um. Tudo
deverá ser devidamente identificado como o nome da criança e ficará na creche
para permitir que os pequenos usem o material sempre que sentirem necessidade;
• 2ª Etapa: Aproveitar os momentos de permanência dos pais na creche
para colher informações sobre a rotina caseira. Exemplo: dicas de acalanto,
banho, etc;
• 3ª Etapa: Confeccionar uma caixa que ficará conhecida por conter
pertences trazidos de casa. Sempre que surgir um objeto novo, as crianças serão
reunidas para que este seja apresentado. As crianças serão estimuladas a
manipular/explorar o novo objeto, introduzindo a ideia de que os pertences
podem ser emprestados. Com o tempo, as fotos também poderão ser socializadas de
maneira a descrever os integrantes de cada família e estimular que cada criança
reconheça a sua. Observar as reações e registrá-las por meio de fotos; 18 jan
(2 dias atrás) Cíntia Borher –
continuação
• 4ª Etapa: Fixar as fotos trazidas pelas famílias no chão do espaço em
que as crianças permanecem a maior parte do tempo. As fotos deverão ser
protegidas com contact que preserva as imagens e facilita a limpeza do local.
Dessa forma, ao engatinhar, as crianças terão acesso ao “mural de fotos” com
imagens de todo o grupo e poderão matar as saudades de seus familiares. Essa
atividade ainda contribuirá para o desenvolvimento da noção de identidade (ao
reconhecer-se nas fotos) e também da ideia de coletividade (ao reconhecer, da
mesma forma, seus colegas).
Avaliação:
• Observação constante do comportamento dos pais e das crianças no momento da
despedida e principalmente no decorrer do dia. Durante a observação das fotos,
atentar-se a manifestações de saudades como choro ou sorrisos. Anotar as
reações no decorrer do período de adaptação, atentando-se às evoluções.

 

Você também pode gostar de:

Siga-nos no Facebook

Readers Comments (5)

  1. Parabéns pelo blog. Muitos textos publicados aqui servirão de inspiração para alguns posts meus. Você já conhece o blog Bar do Pedagogo?
    faça-nos uma visita http://bardopedagogo.blogspot.com/

    Rodrigo Barros

  2. Otímo o seu blog. Parabens, pelo belo trabalho e por você compartilhar sua prática pedagógica. Sou coordenadora pedagógica e me espelho muito em suas ideias. Sou assinante desse maravilhoso blog.
    obrigada pela oportunidade.

    Ilza Freitas

  3. Muito interessante. Obrigada.

  4. O seu trabalho só veio enriquecer mais o meu ! Obrigada !

  5. O seu trabalho só veio enriquecer mais o meu ! Obrigada !

Leave a comment

Your email address will not be published.

*



DONE